Informação sobre hipertireoidismo, sintomas, prevenção e tratamento do hipertireoidismo, identificando o diagnóstico das suas causas, incluindo a doença de Graves, sua causa principal, com dicas que contribuam para uma melhor qualidade de vida.


segunda-feira, 23 de julho de 2012

Consequências da disfunção tireoidiana

Os sintomas físicos da disfunção tireoidiana são desagradáveis e podem afetar a autoestima, o trabalho, e a vida familiar. Porém, o que mais preocupa é que, se ficarem sem tratamento, podem levar a complicações sérias e potencialmente com ameaça da vida.
Hipotireoidismo não tratado pode levar a uma frequência cardíaca tão lenta que pode levar o paciente a coma. Além disso, ela está sempre associada com pressão arterial elevada e altos níveis de colesterol (fatores de risco significantes para doença cardíaca), infertilidade e mal de Alzheimer (o risco é maior para mulheres).
Hipertireoidismo não tratado pode levar a uma arritmia (taxa irregular de contrações do músculo cardíaco) até a ataques cardíacos. Além disso, em mulheres menopausadas, o hipertireoidismo aumenta o risco de osteoporose (perda de massa óssea) e potencialmente a fraturas fatais.
Existe tratamento efetivo das disfunções tireoidianas para reduzir os riscos de complicações sérias. Converse com o médico, para ter mais informações.
Índice dos artigos relativos a Hipertireoidismo

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL